Área do associado
[BRASILCON]

Governo facilitará entrada de bancos estrangeiros para diminuir juros ao consumidor

Bolsonaro deve assinar decreto para acabar com necessidade de autorização presidencial para instalação de bancos

04 JANEIRO 2019

Por: https://oglobo.globo.com/economia/governo-facilitara-entrada-de-bancos-estrangeiros-para-diminuir-ju

NOTÍCIA

Apesar da previsão de que o comando do Banco Central (BC) só será trocado no mês que vem, a autarquia já participa das ações dos 100 primeiros dias do governo Jair Bolsonaro. O presidente deve assinar um decreto para acabar com a necessidade de uma autorização presidencial toda vez que um banco estrangeiro quiser se instalar no país. A partir disso, caberá apenas ao BC dar o aval para a entrada da instituição no sistema brasileiro. Isso deve aumentar a concorrência no setor e, consequentemente, diminuir os altos juros que são cobrados pelos bancos de empresas e das famílias daqui.

A medida é a mesma que foi tomada em relação à instalação de fintechs no Brasil no fim do ano passado. Agora, o Banco Central vai além e tira travas para estimular a entrada de grandes instituições. Em entrevista ao jornal "Valor Econômico", o presidente do BC, Ilan Goldfajn, afirmou que o decreto presidente deve ser assinado em breve.

Ilan informou ainda que será encaminhado ao Congresso Nacional um projeto de Lei que dá ao BC atribuição para aprovar a nomeação de dirigentes de bancos públicos. Já havia um entendimento dentro do governo que isso deveria ser feito desde o escândalo que derrubou toda a vice-presidência da Caixa Econômica Federal no ano passado. Tanto Ministério Público Federal (MPF) quanto o Banco Central recomendaram que os executivos fossem trocados.

Como esse projeto de lei não deve aprovado rapidamente, o BC sugeriu ao presidente Bolsonaro que editasse um decreto presidencial que diz que a autoridade monetária deve se manifestar antes das nomeações. Isso seria, entretanto, apenas uma diretriz e não uma prerrogativa. Ou seja, o aval do Banco Central não será impositivo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS